sexta-feira, 5 de maio de 2017

                                  Sonho. Cores da Noite
                                                Noite estação de muitas cores, da fronteira terra sem tamanho
                                                Sonho cabelos desgrenhados, adormecido em coberta de nuvens
                                                Céu fatia azul felicidade, truque interno, percorrendo fantasias

                                                Um pedaço da alma, reboque corda rastreando a noite do sonho
                                                Sonho hora marcada,  prisão do anoitecer grandes recordações
                                                Homem sonho de mil quilômetros, de altas e ocultas prateleiras
                                                Sonho de poucas tintas, desenho rosto de uma
cidade-fantasma
                                                Trilha do sonho violeta, flores pintadas em uma noite de magia
                                                Sonho triste, pesadelo sonho, lágrimas escuras dos olhos caindo
                                                Noites da alma, as cores da noite encontrando-me no amanhecer
                                                Dia do amanhecer sonho! Busca do sol encoberto amarelo-laranja

                                                Efeito da luz muito branca, em cada sombra, de cada matiz noite
                                                Carregando na cabeça, horas minutos noite, arrastadas lembranças
                                                Sonho codigo da alma, do esquecimento, um
 quebra-cabeça cifrado
                                                Noite.. Encontrando-me, perdendo-me, e voltando a me encontrar!

                                              Maria José Salles Callado / 10.03.08
                                              Foto - MJSC - Marrocos - 2014

Share

3 comentários:

Lilian disse...

Olá querida,

Sabe ao ler esta poesia, lembrei de uma teoria de Sigmund Freud, onde a função dos sonhos é a satisfação dos desejos.
Com eles você pode ir aonde quiser, pode viver o que quiser...Sem medo, sem culpa, sem amarras...
Muitas de suas poesias , nos transmite a sensação de liberdade,de frescor, sempre voltada aos elementos da natureza...
Árvore mulher!!!
Tantas vezes uma fortaleza, tantas vezes frágil ...Apenas necessitando do orvalho da manhã para que seu rosto seja acalentado....


Um beijo

Hapi disse...

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

Sonia Rocha disse...

Expor-se através da escrita requer coragem, sensibilidade e, principalmente, amor no coração...
É um dom precioso...e vc. o tem.
Parabéns!
bj
Sonia Rocha